Pau pra toda obra

Como diria Kid Bengala, a vida é dura. Em 1929, ano em que a economia dos EUA foi para o buraco, outros orifícios já vinham sendo explorados por uma turma conceituada – mas anônima, vale lembrar – de animadores no curta Eveready Harton in buried treasure. Segundo aqui e aqui, os tataravôs sacanas da Pixar produziram o filmete, um dos primeiros cartoons pornôs que se tem notícia, em três estúdios diferentes de NY. Motivação? As comemorações de aniversário de Winsor McCay, animador picão (trocadilhos à parte) do qual você provavelmente nunca ouvir falar, mas Walt Disney, em prepúcio princípio* de carreira, já. Fica a dica.

Para conferir, é só tirar as crianças da sala, clicar no vídeo acima e – bom, have fun (não muita dela, ou Kleenex na mesinha de cabeceira, fazendo o favor). 

*Tiradinha roubada na cara ereta dura, do TDUD?. Didi, Lele, Polly, me add no mens depois!   

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: