Mas as pessoas na sala de jantar

Ela era cega de um ouvido, surda de três maridos, nasceu com os dois pés esquerdos e morreu sem aviso. Ela era nossa vizinha e gostava de andar pelada e passeava na frente da janela e sua bunda gorda balançava de lá pra cá entre nós: você gostava. Tanto que às seis em ponto o parapeito era seu, só seu, e eu fingia que não via e acendia um cigarro e ela te mandava beijos e você mostrava o pau e era uma coisa meio assim. Meio sacana. Meio amor. Meio cheio. Meio vazio. Meio termo. Naquele dia Regina Brasileira morreu de rubéola, de bruços e de solidão. Levei uma torta de queijo à família e nunca falamos nisso. O jantar está na mesa. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: