Um senhor desfile

São Paulo Fashion Week no more. De volta ao Rio, cambada. E mais enferrujada que Homem de Lata com tétano na Vale do Rio Doce.

Pois fique você sabendo que uma semana de semana de moda é pauleira, viu? Obama chegou chegando na Casa Branca, e só se falava nos vestidos da primeirona. Little Joy logo aí, mas pequena alegria mesmo era ter tempo de almoçar biscoitinho de sala de imprensa. Saiu indicação ao Oscar e que se foda, pois Oskar, o Metsavath, goes to… 

Teve até gato mia no Bolsa (não a Gucci, gente) Família, e eu lá, ralando na boquinha da garrafa de Chandon (me dá um desconto, vai), trabalhando 16 horas por dia, roubando garrafinha de água pra não pagar frigobar mais tarde.

Mas ó, agora aguenta, coração. Enquanto eu encaro a rehab intelectual, vai uma matéria que fiz para a revista “Domingo”, do JB, sobre o desfile do Ronaldo Fraga.

Não tá essas coisas, não. Mas vale o registro porque a parada foi do cacete, te juro. Coisa linda de se ver. A foto do desfile é de Marcio “Descruze as Pernas!” Madeira (First View). O resto é do Lucas Landau, moleque de 19 anos que me acompanhou de última hora e mandou bem pacas. High 5, Lucas. Tá add no coração. 

Um senhor desfile

dsc_9756

Você vê moda em tudo. Mas não em todos. Manequins, por exemplo, exigem medidas diminutas não só na fita métrica, mas também no RG.

No tribunal da moda, essa é a lei. E Ronaldo Fraga – quem mais? – não teve receio em declarar culpa nesse cartório.

Na segunda-feira, sala 1, Pavilhão da Bienal, do estilista que tudo se espera mesmo a mais aberta das mentes a zapear pela São Paulo Fashion Week não poderia adivinhar o que estava por vir.

A irromper pela passarela, uma senhorinha de cabelos brancos, toda prosa com o vestido da coleção de inverno do designer com jeitão de performer. 

Tratava-se Laïs Pearson, das jornalistas de moda mais veteranas do Brasil. 

Seguiram-se a ela na passarela vovós e vovôs, encontrados em agências ou no dia-a-dia paulista, além de algumas crianças que mais pareciam saídas da hora do recreio. 

A ideia era uma só: humanizar a moda. Com gente de verdade. “Valores reais, e não em reais”, argumentou o mineiro, para tecer seu fio da meada com a destreza de quem faz mais do que passar os dias a tricotar novelo de lã.

“Por que modelos trotando de um lado para o outro? Quero gente viva!” Que seja feita sua vontade. “Dizem que ‘Ronaldo’ não gosta de tendência. Mas acho que a macrotendência é humanizar. Tenho modelos com mais de 90 anos, pessoas lindas e maravilhosas, porém invisíveis em nossa sociedade”, disse o mineiro. A vida real ao vivo, a cores, grisalha e bem resolvida.

ronaldo_fraga_61

Ao começo, por favor: lá estava Ronaldo, em um aeroporto, com o iPod tocando a trilha sonora do espetáculo Giz, de Álvaro Apocalypse, morto em 2003 e criador do teatro de bonecos Giramundo. “Observei velhos e crianças passando e fui vendo móveis cobertos por lençóis brancos. Quis estabelecer um diálogo com a memória”. O estilista decidiu, então, falar do novo e do velho como início e fim do traço, e para isso se inspirou na obra de Apocalypse na hora de criar “personagens-bonecos, espelhos do homem comum, pendurados como o velho vestido esquecido no cabide”. Sapatinhos na forma de rato, nos pés de pequenos que não alcançavam dois dígitos de idade, representaram ratos a roer a carne de espuma, a pele de pano, os ossos de madeira. Mas sem chegar perto “da alma irônica desses bonecos de giz”. De ultrapassado, na moda, só o mais do mesmo. Finda a apresentação, certamente a mais emocionante da SPFW, que jogasse o primeiro óculos escuros aquele que não tivesse ao menos uma lagrimazinha no canto do olho. Um senhor desfile.

O tempo não para

Cigarro em mãos, as duas mocinhas – altas, magras e com rostos de fazer Michelangelo criar uma nova Capela Sistina especialmente para elas – subiam a galope as escadas do Pavilhão da Bienal. Pararam no meio do caminho. Sem fôlego. Pouco depois, no backstage de Ronaldo, um colega de profissão mostrava pique para dar e vender em atacado. “Quer que eu prove?”. Pois não: foi lá e alongou a perna até atrás da cabeça. Detalhe: Egídio Spaziani tem 76 anos. Mas com corpinho de 50 e mente de 42, garante. Enquanto ele – que virou ator e manequim aos 63 anos – contava mil estripulias sobre os tempos de comissário de bordo da Vasp, um senhor de fartos bigodes brancos puxa a repórter pelo braço: “Fala mais alto, ele não escuta direito!”. Opa. Recado dado. Outros nomes do tempo em que vovó era broto – Yvone, Imília, Rodolfo, Giacomina – estavam no cast que, dali a meia hora, surpreenderia a platéia, à espera das Giseles nossas de todo dia.

dsc_9938

Para o cast, Ronaldo procurou agências de modelos e atores, mas chegou a recrutar senhoras e senhores em shopping e restaurante. Clara Troccoli, 66 anos, se disse “além de contente com o astral bom” – em quase todas as entradas, velha e infante guarda eram ovacionadas, feito que teve raros repetecos ao longo da semana de moda, como com as tops Gisele Bündchen (Colcci) e Raquel Zimmermann (Animale). Clara nem deu a mínima por não ter recebido um tostão de cachê: “Me basta ter sido convidada”. Outros receberam R$ 400 – mais ou menos o que uma modelo iniciante embolsa com uma voltinha na passarela. Tudo bem. As rugas estavam lá, só não eram as de preocupação. Valia a (voz da) experiência. Que o diga Laïs Pearson, “81 anos e meio, só não contei os dias e as horas”, jornalista de moda há 45 (a nossa primeira modelo na passarela), presente em mais de 20 edições da SPFW. “Achei as roupas muito bonitas. Mas, honestamente, não usaria tudo. Gostei de um macacão escolhido para mim, mas a roupa de sereia que também uso no desfile é muito ousada para uma senhora da minha idade”. Ao que um amigo interveio: “Que isso, dona Laís, ficou muito bem em você”. Com bochechas coradas, Laïs, por um momento, foi a verdadeira Dama de Vermelho. Mas passou. Estamos diante de uma profissional. Ossos do ofício. Com ou sem osteoporose.  

dsc_9810

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: